Quem vencerá as eleições para o Governo do Paraná?

            É claro que não estamos aqui realizando um trabalho de adivinhação ou de simples previsão astrológica. João Bidu, um famoso astrólogo brasileiro, diria que pensamos em tomar seu espaço nos programas de televisão e na fama dos desesperados pelos signos. Da mesma forma, não afastamos aqui a simples tese do professor Ricardo Costa de... Continuar Lendo →

Anúncios

Os pecados originais da República

José Murilo de Carvalho acaba de lançar mais um livro, reunindo crônicas publicadas nos últimos anos. “O pecado original da República”, um provocativo título, é definido em quatro pecados originais, que tem pautado a maioria dos problemas de ordem política e de caráter social enfrentados no Brasil. O primeiro deles é a escravidão, matriz para... Continuar Lendo →

As vaquinhas eleitorais funcionam?

A indignação da população em relação ao fundão eleitoral é uma das expressões mais atuais do distanciamento entre os representantes e os representados. Apenas um partido político do Brasil não deseja receber este fundo, arcando com recursos próprios de filiados e simpatizantes as despesas eleitorais de 2018. Uma das inovações da legislação eleitoral para este... Continuar Lendo →

A democracia distante

O semanário inglês “The Economist” organiza e divulga desde 2006 um ranking dos países sobre a prática democrática. Conhecido como o “índice da democracia”, este levantamento considera cinco pontos essenciais para que o regime democrático funcione nos 167 países pesquisados: o processo eleitoral e pluralismo; as liberdades civis; o funcionamento do governo; a participação política e a... Continuar Lendo →

Por quê Luciano Huck incomoda tanto?

"Porque ele é o candidato à Presidência da República da Rede Globo de Televisão". Mais do que uma simples afirmação, dotada de posicionamento político evidente, é preciso avaliar os motivos pelos quais um apresentador de televisão tem gerado tantas discussões na internet por ser cogitado a disputar uma vaga para ser candidato à Presidência da... Continuar Lendo →

Sociologia no tempo das redes sociais

Há alguns dias, venho discutindo com amigos e alunos a relação entre as redes sociais e a sociologia. Desde a pulverização das mesmas, as pessoas mantém um relacionamento quase que instantâneo, em mundo virtual que nem sempre reflete os fenômenos da realidade. Mas, qual é então a contribuição que a sociologia proporciona aos atuais acontecimentos, na sociedade... Continuar Lendo →

Não precisa da minha via

Não precisa da minha via. Talvez essa frase seja a mais dita por quem opta pela compra via cartão de crédito ou débito. Virou quase um bordão repetido pelos consumidores enquanto guardam seus cartões de volta às carteiras. Afinal, para que se precisa da segunda via sendo que a primeira já foi devidamente creditada ou... Continuar Lendo →

Carta ao Gilson Aguiar

Meu caro amigo Gilson,                  Estive te acompanhando ontem no debate sobre o golpe militar de 1964 que aconteceu na Câmara Municipal de Maringá. E que evento! A Câmara entra na vanguarda das grandes discussões políticas atuais com eventos dessa alçada. Mas o que me chamou a atenção... Continuar Lendo →

Quando a economia é desnecessária

Uma recorrente disputa entre os políticos e a sociedade civil tem pautado o cenário nos últimos anos: a redução / aumento do número de vereadores no país. De um lado, o grupo dos contrários, dizendo que há gastos demais na administração pública para se preocupar com a questão. Do outro lado, a classe política, justificando... Continuar Lendo →

Expandindo horizontes

Nunca fui um viciado em ler romances. Sempre preferi os livros chamados “técnicos” aos romances escritos. Daí um dia vi que um cara conhecido – que nem é tão amigo, mas pode se tornar, ganhou um prêmio de literatura. Eu havia jogado um futebol com ele com um grupo de jovens. Seu desempenho: horrível. Mas... Continuar Lendo →

Virgindade sociológica

Quem passou pelo lento processo de formação acadêmica nas Ciências Sociais - ou ainda o cumpre, vai saber  muito bem daquilo que falo. Quem um dia se arriscará nesta seara das humanidades poderá perceber aquilo que digo. E quem já vivencia isso sabe muito bem do que escrevo. Talvez uma dessas profecias, um dia, se... Continuar Lendo →

Onde vamos parar?

Poxa, até tento fugir um pouco da manjadíssima pauta de assuntos que envolvem a Câmara Municipal de Maringá. Nesta mesma fuga, mudei o estilão do blog: mais limpo, leve e solto e com textos que expressam o que penso sobre a política e a sociologia como um todo, apelando ora para as teorias - ainda... Continuar Lendo →

Sim, há vida pós-UEM! UFPR!

Fiquei um tempão sem escrever neste blog, uma espécie de "diário pessoal" e reflexões da política, sociologia, enfim, do dia-a-dia das pessoas. Resolvi voltar - ainda que timidamente, a postar coisas que penso, outras que ainda não pensei e um dia ainda irei pensar. Cheguei à conclusão de que possuo uma vida sim pós-UEM, conforme... Continuar Lendo →

Há vida pós-UEM?

Uma breve reflexão sobre meu tempo de UEM, quebrando a lógica do blog... Jamais passou pela minha cabeça fazer tal pergunta. Após seis anos intensos de Universidade Estadual de Maringá, minha estadia ali naquele pedação de chão de Maringá chegou ao fim. Passamos em revista, então, numa pequena retrospectiva como, quando, onde e porque ingressei... Continuar Lendo →

Pra que complicar?

Mais um ano se aproxima do fim e com ele aquelas “velhas novas” reflexões costumeiras da época. “Poderia ter me esforçado mais e assim o papai-noel seria mais generoso comigo”, pensam os que pouco se esforçaram para um ano melhor. “Ah, já fiz minha parte e o bom velhinho vai me dar um bom presente”,... Continuar Lendo →

Em Novembro de 1967…

Nesta semana, no auditório da ACIM, foi lançado o livro “Sala dos suplícios: dossiê do caso Clodimar Pedrosa Lô”, de autoria de Miguel Fernando. Estive presente no lançamento com meu amigo Max (um apaixonado por questões policiais e de segurança pública) e, junto comigo, as perguntas que não calavam: por que, após 43 anos, o... Continuar Lendo →

O patrimônio histórico de Maringá

Na segunda-feira passada (20), visitei a Gerência de Patrimônio Histórico de Maringá e o Museu de História e Arte Hélenton Borba Cortes, ambos instalados nas dependências do Teatro Calil Haddad. Para minha surpresa, obtive acesso ao rico acervo, que abriga exemplares de jornais, documentos, vídeos, livros de autores maringaenses, entre outros. Perguntei-me então: qual a... Continuar Lendo →

Pablo, qual é a música?

Quem nunca ouviu essa frase pronunciada pelo apresentador de TV Silvio Santos? Qual é a Música? era um programa que foi ao ar na década de 1970 e exibido no SBT, no qual artistas tentavam acertar qual era a música tocada pela banda do programa. Após acertar ou errar a canção, Silvio Santos perguntava ao famoso... Continuar Lendo →

O violento trânsito de Má-ringá

Quem reside em Maringá fatalmente já viu em algum órgão de imprensa as estatísticas referentes às mortes no trânsito da cidade. Entra ano, sai ano, a marca de cinquenta mortes sempre é superada, isto é, há pelo menos uma morte por semana em decorrência de acidentes automobilísticos nas vias do município. Mas, o que fazer... Continuar Lendo →

O legado de Obama

Eleições 2008. A última “festa da democracia” que ocorreu no Brasil. No pleito, milhões de brasileiros escolheram novos prefeitos e vereadores para um mandato de quatro anos. Em comum, ocorreram as eleições presidenciais nos Estados Unidos, a maior potência econômica e política mundial. Tinha tudo para ser mais uma eleição comum, com debates de alto... Continuar Lendo →

Nos tempos das receitas de bolo

Após a promulgação do Ato Institucional número cinco (o AI-5), em 1968, os poderes instaurados pelo golpe militar quatro anos antes estavam ampliados. Condicionando ao Presidente a possibilidade de comandar o legislativo e o judiciário, o ato trouxe também uma ferrenha censura aos meios de comunicação. Se um jornal, por exemplo, noticiasse algo que não... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑