Qual Dias?

alvarodiasosmardias

O sociólogo alemão Max Weber (1864-1920) discute no ensaio “Os três tipos de dominação legítima” algumas questões inerentes ao comando político. Neste, um tipo de dominação persiste até os dias atuais: a dominação tradicional. Pautada pela crença em quem domina há muito tempo, esta autoridade transparece na família Dias. Representadas nas figuras de Álvaro e Osmar, a dominação tradicional os mantém no cenário político desde a década de 70. Diante das eleições do próximo ano, questiono: Qual Dias irá (ou não) para a disputa do Governo do Paraná em 2010?

Álvaro Fernandes Dias nasceu em 1944 em Quatá, no interior de São Paulo. Historiador, foi Vereador em Londrina, Deputado Estadual, Deputado Federal, Governador e é Senador desde 1998. É filiado ao PSDB. Já Osmar Fernandes Dias também nasceu em Quatá, 1952. Engenheiro Agrônomo, ocupou cargos nos governos do irmão Álvaro e do atual Governador Roberto Requião. É Senador desde 1995, com mandato vencendo em 2010. Sobressai pelas lutas em relação às questões do campo. Pertence ao PDT.

Dos Dias, a posição mais confortável certamente é a de Álvaro. Candidato em 2002 – quando possuía mandato no Senado garantido, foi derrotado ainda no primeiro turno por Requião. Desde então, não pleiteou mais a candidatura ao Palácio Iguaçu. Hoje, encontra-se na mesma situação citada, pois foi reeleito para o Senado em 2008.

Embalado pela carreira política de Álvaro, Osmar é o tipo característico de quem inicia na política por intermédio da definida “dominação tradicional”. “Produto” da imagem do irmão, Osmar busca solidificar seu espaço político no Estado. Candidatou-se em 2006, disputando o segundo turno com o mesmo Requião (outrora superando Álvaro em 2002). Em uma das eleições mais apertadas da história do Paraná, Osmar foi vencido por aproximados 5 mil votos.

Neste embate, a tranquilidade paira por conta de Requião, algoz da família Dias e que não estará em cena para o Governo no próximo ano. Ambos possuem cerca de 2 milhões de votos, consolidando assim uma confortável posição do nome “Dias”. Um já exerceu o cargo; outro por pouco exerceu. Beto Richa (PSDB) pode entrar na disputa. Assim, diante desta nuvem de incertezas, a pergunta permanece: Qual Dias?

Publicado originalmente no Jornal do Povo de 30 de Abril de 2009

Anúncios

2 pensamentos sobre “Qual Dias?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s